Home » Poemas » Dia da Poesia

Categorias

Arquivo do Site

Dia da Poesia

 

Valéria Maison Fondue

Uma ode às musas inspiradoras, em especial ao meu Amor.

Todo dia é dia santo,

todo santo tem seu dia.

Há quem diga, até mesmo,

crer na Santa Poesia.

Fosse o dia dela ontem,

será hoje e amanhã.

Seria, por assim dizer,

sequer tendo o porquê,

um dia de deusa pagã.

Poetas criam regras,

normas e santas,

com ou sem rimas,

em horas, às tantas.

Amam tortas e certas,

sejam linhas ou não,

fiéis, tão somente,

a uma tal de inspiração.

Buscam água dessa fonte,

numa sede insaciável,

não importando o dia,

a razão, o imponderável.

Renascem pelo amor

e morrem de paixão,

de ontem e de agora,

do mal da solidão.

[youtube]https://youtu.be/q4paTTsscxc[/youtube]


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *