Home » Textos » Saboreando momentos

Categorias

Arquivo do Site

Saboreando momentos

Foto celebração

Aprecio demais as celebrações da vida. Em cada aniversário de amigo, cercado por outros fraternos parceiros de caminhada, meu esforço sempre será de usufruir ao máximo. Na reunião das famílias, viajo no tempo revendo homens e mulheres que vi nascerem e crescerem. Eles corriam pelas casas do mesmo grupo de antigos companheiros e hoje dividem opiniões e participam das conversas sérias que a informalidade dos encontros se incumbe de quebrar. Nossos filhos estão amadurecidos, donos de seus narizes, prova provada do êxito de nossas criações e retorno justo do esforço feito para dar a eles o melhor.

A alegria de vê-los adultos e celebrando conosco traz o peso de décadas, porém resgata imagens perdidas em uniformes escolares, em acidentes de criança, nas primeiras palavras, na vida em si. Refletimo-nos neles, não apenas nas características físicas, também nos sorrisos, nos sonhos, nos planos a longo prazo. Esse bônus dos eventos envolvendo amigos e famílias sempre me pareceu o mais gratificante.

As histórias, as lembranças e as porções saborosas dos capítulos de nostalgia não ficam muito atrás. Há um espaço reservado para as iniciativas isoladas, ou não, daqueles que se inspiram um pouco mais e resolvem revelar confidências ou reminiscências já conhecidas. Afora o conteúdo, muitas vezes curioso, hilário ou mesmo tocante, merece registro o aflorar de sentimentos misturados com o momento especial. Muito especial.

Compartilhar com quem foi contemporâneo acaba assumindo uma feição de autenticidade maior. No testemunho vivo atravessando décadas, rabiscando um céu repleto de estrelas cujo tempo de enxergar espera a luz se apresentar. Qual nossos filhos, a luminescência já existia, restava apenas viajar no tempo e no espaço. Os sorrisos, os sonhos, os planos mudaram pelo caminho, pegaram as chicanas em moda, escolheram o supostamente melhor para reavivarmos agora com a ajuda da memória incerta.

A informação se valoriza na alternância pelos grupos espalhados, gerados pelas afinidades diferentes. Os causos se multiplicam, difusos e amplificados. Garimpamos pedras preciosas incrustadas em paredes ocultas pelas sombras da sobriedade, disfarçadas pelos esconderijos da discrição. A informalidade, o companheirismo e o inusitado abrem portas e janelas escancaradas para a curiosidade geral. Quando se imagina saber todas as particularidades, eis que surge uma novidade envolvendo amigos queridos. O tempo, cúmplice inexorável e permanente, conspira a nosso favor.

Felizes e satisfeitos, viramos outra página de um livro transbordando de lindas ilustrações. Ótimo contemplar esse mundo de colheita. Um mundo maravilhoso, dependendo de como se olha.

[youtube]http://youtu.be/koh0Ku9JUag[/youtube]


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *