Home » Textos » Deu pra ti?

Categorias

Arquivo do Site

Deu pra ti?

Aconchego

Sábado de armadilhas, para o bem e para o mal,
num Rio chuvoso e nublado, quase à beira do irreal.
O Bar da Frente acolhe a fila do Aconchego Carioca,
a Marina se desdobra, mas no fim se muda a toca.
Seja sorte ou destino, nas entrelinhas dessa vida,
em doses fartas de beleza, de bebida e de comida.
Pelas mesas os olhares procurando uma razão,
as certezas regulares nos escapam já na mão.
Uma ideia, um rompante, abordagem bem sutil,
no sotaque diferente lá do extremo do Brasil.
Um astral interessante, a magia do momento,
num sorriso e poucos gestos, afinal um novo alento.
Tudo rápido, improviso, pouco tempo pra pensar,
em minutos tão fugazes do perder e do ganhar.
Ousadia no pedido, gentileza atendendo,
monossílabos fluindo, simpatia excedendo.
O contato fácil e simples ocultou a negação,
por costume me recuso a aceitar ouvir um não.
A memória às vezes falha ajustada como luva,
a senha do encontro passa a ser um guarda-chuva.
Vou guardá-lo pelo tempo que me seja necessário,
esperando devolvê-lo sem chegar o aniversário.
Estou aqui e negocio o resgate bem barato,
basta apenas um retorno, qualquer forma de contato.

[youtube]http://youtu.be/jX_q30LYJUk[/youtube]


1 comentário

  1. Isabel diz:

    O Rio de Janeiro sempre me brinda com belas surpresas, mas ser atriz principal de um romance instantâneo, é a primeira vez. Muito obrigada!
    A dama das cores na chuva

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *