Home » Textos » Felipe

Categorias

Últimos Comentários

Arquivo do Site

Felipe

Bem-vindo, Felipe.
Você nem abrira os olhinhos e já percebera a emoção ao seu redor. Não por representar mais uma vida dentre as quase oito bilhões desse planeta e das mais de duzentos milhões desse país. Sua percepção aguçada, mesmo não expressada, observou nos sorrisos e nas lágrimas de felicidade o prenúncio de uma percorrida vitoriosa. E deve ter visto muitas outras pessoas. Embora invisíveis aos demais, você as enxergou eufóricas com o seu nascimento. Eles são os seus antepassados.
Confesso haver um enorme contraste entre a alegria pela sua chegada e o momento sombrio nesse mundo em geral, no Brasil em particular e no Rio de Janeiro em especial. Quem sabe a sua vinda traga o alento tão desejado, a mudança aguardada faz tempo, tornada possível por uma legião de anjos da guarda, por assim dizer.
Esse desafio gigante possui o tamanho de sua grandeza, a importância do seu caráter, a magnitude da sua vocação. Continuamos curiosos, pois desconhecemos as diversas facetas desse pequeno recém-chegado. Mas com certeza há quem saiba e nada possa antecipar. Eles permanecerão ocultos e silentes, mesmo convictos do seu sucesso.
Eles sabem que o seu nome sugere uma pessoa de bastante afinidade com a natureza e com os esportes em geral. Indica também uma capacidade incrível de se adaptar a novas situações e vencer os desafios que lhe são propostos.
Os sábios e informados antepassados conheceram em outro plano um conquistador histórico, seu xará de um passado remoto, na longínqua Macedônia. Por essas e outras, têm consciência do seu projeto, antes até de você concebê-lo. Antes mesmo da sua própria concepção, quando era apenas parte de Hugo e de Gisele.
Enfim, faça desse caótico ambiente a sua nova casa. Longe daquela harmonia dos últimos nove meses, o seu primeiro grande teste será se acostumar às desigualdades e aos péssimos hábitos de quem não tiver o seu sangue. As notícias parecerão surrealismo, as celebridades se mostrarão distanciadas da realidade e em sua maioria desinteressadas pelo destino dos mais humildes. Os governantes de países menos desenvolvidos roubam os cidadãos à luz do dia. Os mandatários das grandes potências buscam as guerras e/ou os confrontos fratricidas.
É, meu querido Felipe, se já lhe tiraram da zona de conforto, só lhe resta assumir a responsabilidade de somar esforços para mudar esse estado de coisas. O nome reforça a sua predestinação e os viajores do tempo estão certos de sua caminhada exitosa. A conexão com a centelha divina vira a chave da ignição do seu transporte para um mundo melhor. E nele caberá a humanidade de carona.
Não lhe faltarão Saúde, Equilíbrio e Amor para a consecução do seleto objetivo.
E a nossa torcida será toda sua.
Boa sorte.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *